A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou ontem, quarta-feira (16/09), por 40 votos contra 7, relatório do deputado Régis de Oliveira (PSC-SP) ao projeto que legaliza no País os jogos de bingo, vídeo bingo e vídeo jogo, também conhecido como caça-níquel. Ficaram de fora do projeto os cassinos, jogo do bicho e outras modalidades de jogos de azar. Já aprovado em outras comissões o projeto vai agora a plenário.

 

O projeto é de autoria do deputado Carlos Mendes Tame (PSDB-SP), sob o argumento de que o fechamento dos bingos provocou a demissão de milhares de pessoas e a extinção de uma atividade econômica importante para vários municípios, sobretudo os que têm vocação turística. Os bingos e caça-níqueis estavam proibidos no Brasil desde 2004 por medida provisória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, logo depois do escândalo que envolveu o ex-assessor parlamentar da Casa Civil, Waldomiro Diniz. Depois de aprovado na Câmara, o projeto terá que seguir para o Senado e finalmente para aprovação ou não do Presidente da república. (Agência Estado)